Domingo, 20 de Julho de 2008

O caderno de climatologia...

 

Nos primeiros tempos de faculdade, foi com ela que partilhei várias vezes um pouco da minha vida... Estava na recta descendente de um namoro que já há muito tinha deixado de ser saudável... Ela muito me ouviu (ou leu, nas inúmeras conversas escritas durante as aulas de climatologia e afins, que chegavam a ocupar 3 ou 4 páginas de folhas arrancadas ao caderno!) e muito me aconselhou...

Durante os anos seguintes a empatia mantinha-se, mas a uma maior distância, por um lado consequência natural dos namoros recentes que ambos começámos, por outro também algum afastamento meu, de tão absorvido fiquei na nova realidade da minha vida, e de isso me levar a estar num grupo um pouquinho diferente do dela.

 

Mas é engraçado como passado esse tempo, voltámos às mensagens dos cadernos... desta vez através dos blogs, mas sempre sabendo que o outro está do outro lado do ecrã, atento à aparição de um novo apontamento, de uma novidade, de uma alegria ou de uma tristeza.

 

No fundo, para mim, escrever algures na internet o que vou sentindo continua a ser simplesmente a mesma e única coisa que fazia nas aulas de climatologia ou geografia humana em 2001 e 2002... Porque eu sei que estás aí a ler, atenta às parvoíces que vou dizendo, às angústias que vou partilhando, às alegrias que vou tendo. Isso é muito importante para mim!

 

E também eu, garanto-te, todos os dias vou pelo menos duas vezes à tua procura... ver que nova mensagem deixaste no caderno.

 

Não preciso sequer dizer o teu nome... tu sabes bem que é a ti que me refiro! (e sim, vamos com toda a certeza a um concerto do David Fonseca em breve!!)

 

Um grande beijo de alguém que continua a sentir-te próxima apesar da distância!

 

sinto-me: Saudoso
música: The 80's - David Fonseca
publicado por Nuno às 00:01
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De R a 23 de Julho de 2008 às 13:07
A amizade faz-se de tudos e nadas, presenças e ausências, mas sobretudo de sentimentos.
E eu sinto-me compreendida e escutada por ti... podemos nem sempre olhar na mesma direcção (sobre tantos e tantos assuntos)... mas o meu caderno continua aberto para tu lá escreveres o que quer que seja...
De Nuno a 23 de Julho de 2008 às 17:44
É engraçado, que precisamente nesses desacordos sobre tantas coisas, foi onde eu sempre me senti mais escutado por ti. Porque, ao contrário de muitos, não te limitavas a não concordar... porque, por muito que não concordasses, querias sempre ouvir o outro lado da questão, tentar perceber o que estava por detrás. E isso eu sempre admirei em ti.
Que os nossos cadernos tenham ainda muitas folhas à espera de ser escritas, porque a vida ainda nos reserva, com toda a certeza, muitas peripécias... e porque a minha vontade de te escutar nunca vai desaparecer!

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28

posts recentes

500 days of Summer...

Stop 4 a minute...

Fundamental...

O regresso do Palma...

A dream in a restless nig...

Reruns...

A Bioquímica do amor...

Dreams...

The Fixer...

Pessoas...

Coisas simples...

Antigas memórias de tempo...

Eh Eh Eh Eh, este ano é q...

Histórias de vida...

Ansiedades...

Coisas perfeitas...

Lover, you should've come...

Dificuldades de comunicaç...

Cansaço...

O que eu te queria dizer....

How these days grow long....

Crónica de um dia normal....

Conversas adiadas...

Tempo de focar...

O telemóvel e o amor...

Pensamentos recorrentes.....

Uma pequena história...

Tic tac...

One more daisy...

Esta coisa de gostar de a...

Pushing Daisies...

Quase perfeit(a)...

Haja Folia...!

Arroz-doce...

Um abraço...

O que é um ano...?

O pior cachorro de sempre...

Tristeza inexplicável...

O caderno de climatologia...

Aconteceu...

Dor...

A brand new start...

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

blogs SAPO

subscrever feeds